NOTÍCIAS

​Últimas Publicações
Captura de Tela 2021-02-19 às 12.21.12.

Estrutura, Alvenaria e Revestimento como um único sistema construtivo

Por Arnoldo Wendler



O sistema construtivo mais antigo sempre foi baseado em alvenarias que faziam tanto a função de vedação como a função de estrutura. São as alvenarias estruturais, de pedra, de tijolos cerâmicos e mais recentemente de blocos de concreto. Como revestimento foi utilizado inicialmente uma mistura de cal e areia. Com a descoberta do Cimento Portland, as argamassas passaram a ter melhor aderência à alvenaria.

Com a utilização das estruturas em concreto armado, as alvenarias passaram a ter somente a função de vedação. O trabalho conjunto de dois materiais diferentes provocou o surgimento das primeiras patologias que se refletiam no revestimento.

Com a evolução do material concreto ( maiores resistências , uso intensivo de aditivos ) e o surgimento dos projetos estruturais feitos em computador, pudemos atingir novos limites que , apesar de ter uma diminuição nos custos, infelizmente se deformava mais que as robustas estruturas anteriores. Também novas práticas construtivas e o aumento da velocidade das obras provocaram aumento das deformações ao longo do tempo ( deformação lenta ) , agravando o problema.

Como os materiais da estrutura, da alvenaria e do revestimento estão trabalhando juntos, as tensões entre eles aumentaram bastante, provocando deficiências sistêmicas. A introdução de uma  nova norma de projeto estrutural, a NBR6118:2003 , já foi um resultado da tentativa de solucionar estes problemas.

Vejamos como o sistema se comportou ao longo do tempo:

  • Anos 60 – Fck=15 MPa – Estrutura pesada – alvenaria de tijolos comuns ou com paredes grossas, desforma 14 a 21 dias

  • Anos 70 – Fck=18 MPa – Estruturas ficam mais flexíveis e as alvenarias com tijolos mais fracos, desforma 7 a 10 dias

  • Anos 80 – Fck=20/25 MPa – Estruturas mais deformáveis, alvenarias fracas, fissura