NOTÍCIAS

​Últimas Publicações
Captura de Tela 2021-02-19 às 12.21.12.

PARCERIAS PARA A CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL

A construção sustentável é uma agenda positiva tanto para a iniciativa privada quanto para o setor público, pois hoje já existe um crescente processo de conscientização do mercado brasileiro em relação aos conceitos de sustentabilidade. Para o presidente da CBIC, José Carlos Martins, “Já é tempo do setor da construção virar a página e encarar a sustentabilidade como negócio”. A cooperação entre o IFC (Cooperação Financeira Internacional) e Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) pretende estabelecer uma dinâmica de difusão do Programa EDGE no Brasil entre os empresários do setor. O SENAI Nacional é parceiro da CBIC junto à cooperação que será estabelecida com o IFC.



O EDGE é uma certificação que simplifica o processo para obter as credenciais de um edifício verde. A base é um sistema online, de fácil utilização e de livre acesso, que permite a rápida avaliação da performance do edifício nas três áreas mais importantes: energia, água e materiais.

O analista do IFC no Brasil, Edward Borgstein, em entrevista concedida ao CBIC MAIS adianta que a cooperação IFC/CBIC “inclui desenvolvimento de projetos pilotos, capacitação, divulgação e participação conjunta em eventos.”

A Comissão de Meio Ambiente (CMA) da CBIC está à frente desse acordo junto ao IFC. Neste momento prepara minuta que será assinada ainda este ano no Brasil com a presença do líder do Programa de Cidades e Negócios Sustentáveis para a América Latina e Caribe do IFC, Kristtian Rada. A plataforma já está disponível no Brasil e a expectativa é que o software não tenha grandes custos aos empresários brasileiros, por isso poderá ser utilizado por pequenas e médias empresas da construção civil nacional.

Legenda: O sistema de certificação de construções verdes, criado pelo IFC (International Finance Corporation) – braço do Banco Mundial para o financiamento privado –, pretende reduzir em 20% o uso de água e energia na fabricação de materiais de construção.

Confira a entrevista que fizemos com o analista do IFC no Brasil Edward Borgstein sobre a difusão do EDGE no Brasil: